Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 

NOVIDADES em C&T&I e do LQES

Polímero híbrido PET/PE pode vir a substituir embalagens de ABS.

Teraftalato de polietileno (PET) reciclado e polietileno (PE) já podem ser misturados. (Leia nota)

Material biocompatível permite substituição de ossos.

OSferion é o nome do produto desenvolvido por empresa japonesa que induz a auto-regeneração de células ósseas. (Leia nota)

Novo microscópio para estudo de proteínas em seu meio natural !

Tudo se passa como se estivesse sendo feita uma leitura Braïle das proteínas. (Leia nota)

Alternativas para prolongar a duração entre as recargas das pilhas de lítio.

Pesquisadores canadenses propõem eletrodo à base de lítio-nitrato de ferro. (Leia nota)

Um pouco de "como anda" a pesquisa em Química Teórica.

A disciplina, em seu conjunto, progrediu espetacularmente: possibilita, cada vez mais, resultados quantitativos, predições, além de racionalizações ou interpretações em termos de mecanismos. (Leia nota)

HAP: quando alimentos podem ser mais perigosos que a poluição ambiental !

Resultados surpreendentes publicados na revista Environmental Toxicology and Pharmacology. (Leia nota)

Boa notícia para o meio ambiente: emissões de dioxina já podem ser controladas !

Composto inorgânico fosforado, produzido por empresa japonesa, abre perspectiva que pode viabilizar a queima do lixo, diminuindo o impacto ambiental. (Leia nota)

Cimento superduro, graças à casca do arroz !

O que faltava era um procedimento que permitisse a obtenção da sílica não-cristalina. (Leia nota)

Fuji japonesa desenvolve "papel" eletrônico

Trata-se de um monitor que mantém as letras e números fixados, mesmo depois de desligado. (Leia nota)

Não é que o silício dá também fulereno ! Há alguém que duvide disso ?

Tal desenvolvimento pode vir a dar um novo fôlego ao "velho" e "bom" silício. (Leia nota)

Mitsubishi se lança na produção de fulerenos de carbono

Empresa tem meta: 1500 toneladas/ano já em 2004. (Leia nota)

"Reactive glass": novo tipo de vidro que sensoria, absorve e libera biomoléculas

Já não se produz mais vidro como antigamente... (Leia nota)

Instituto de Química da Unicamp coordenará o Instituto do Milênio de Materiais Complexos (IMMC)

Soma de esforços de 11 pesquisadores, de 4 grandes universidades, para entender a complexidade em química de materiais. (Leia nota)

Coordenador Científico do LQES é escolhido, pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, para fazer parte do Conselho Deliberativo do CNPq (CD-CNPq)

Novo presidente do CNPq, Esper Cavalheiro, deu posse aos novos membros em 25 de outubro. (Leia nota)

Estruturas atômicas: imagiamento de alta resolução - três novas e importantes possibilidades

Novos desenvolvimentos aumentam, ainda mais, as possibilidades dessa ferramenta, essencial no estudo de materiais. (Leia nota)

Finalmente!!! ... a França terá um novo laboratório de luz síncrotron !

Após anos de discussão, negociações infindáveis, marchas e contra-marchas, interesses regionais contrariados, o novo síncrotron francês sai do papel. Agora tem local e data para começar a funcionar: Orsay, 2006. (Leia nota)

Fluídos supercríticos: uma nova aplicação.

Fluídos supercríticos estão sendo usados na extração e recuperação de rejeitos nucleares. (Leia nota)

Material retirado de pata de caranguejo permite a regeneração de nervos.

Quitosana é o polímero capaz de permitir tal avanço. (Leia nota)

Polímero de silício detecta materiais explosivos !

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, São Diego, desenvolvem sistema capaz de detectar, nas mãos e em roupas, ppb de TNT. (Leia nota)

Utilização de sensores na classificação de entulho de demolição.

Com a eliminação de efeitos de espalhamento indesejáveis, já é possível utilizar a radiação infravermelho (NIR) na classificação destes entulhos. (Leia nota)

Reciclagem de materiais avança: agora é a vez dos tecidos....

Empresas japonesas começarão a reciclar roupas de poliéster a partir de julho de 2002! (Leia nota)

Próteses à base de polietileno ganham grande fôlego: podem durar mais de 25 anos !

Pesquisadores da Universidade de Leoben (Áustria) conseguem evitar a oxidação do polietileno. (Leia nota)

Novo paradigma para a descoberta de materiais.

Química Combinatorial, largamente empregada no desenvolvimento de produtos farmacêuticos, chega à pesquisa de materiais. E promete ... (Leia nota)

Patentes sobre a fabricação de nanotubos de carbono agitam o mundo empresarial japonês.

Expiração da patente em 2005 intensifica a pesquisa e a submissão de novas patentes. (Leia nota)

Aumento de vagas na Universidade pública

Fórum de Reflexão Universitária da UNICAMP (FRU) lança o livro: Mais Vagas com Qualidade. O DESAFIO DO ENSINO SUPERIOR NO BRASIL. (Leia nota)

Periódicos científicos gratuitos para países pobres ...

Professor Paulo Sérgio Santos, do Instituto de Química da USP, comenta notícia publicada na Science de 13 de julho de 2001. (Leia nota)

Quando ficção e realidade se confundem: já podem ser obtidas imagens do interior de uma bactéria viva !

Instituto de pesquisa japonês desenvolve equipamento que permite adquirir tais imagens. (Leia nota)

Células vivas de caracol + semicondutor : está pronto o primeiro neurochip !

Pesquisadores do Instituto Max-Planck são responsáveis pela proeza! (Leia nota)

Celas de combustível 1: Cela de combustível com rendimento de 45 %

Gás natural é convertido diretamente em hidrogênio. (Leia nota)

Celas de combustível 2: já é possível fazer uma cela utilizando gás metano proveniente de lixo orgânico, como restos de comida, por exemplo !

A experiência bem sucedida foi realizada na cidade de Kobe no Japão. (Leia nota)

A raquete imbatível !

Conhecimentos da química de materiais e eletrônica fazem tenistas amadores viver o sonho de grandes campeões (mas isso até o juiz descobrir o que se passa!). (Leia nota)

Por uma menor quantidade de fertilizantes nitrogenados

Idéias de utilização de bactérias na fixação de nitrogênio ficam novamente reforçadas após o seqüenciamento do genoma do rhizobium. (Leia nota)

Novo material para a remediação de efluentes de indústrias têxteis

Desenvolvido no LQES, material é capaz de eliminar a coloração de efluentes de indústrias de tingimento de tecidos. (Leia nota)

Geração de Segundo Harmônico: agora é a vez dos vidros calcogenetos

Vidros à base de germânio, arsênio e enxofre apresentam eficiência de conversão e estabilidade comparáveis aos vidros de telúrio. (Leia nota)

Mais uma sobre os fulerenos: medicamento contra câncer e AIDS

Primeira geração de drogas com base no Fulereno está a caminho! (Leia nota)

Vem aí tecidos sintéticos com ação antibacteriana e que protegem contra ondas eletromagnéticas !

Multinacional japonesa anuncia a produção de fibras de poliéster com propriedades especiais. (Leia nota)

Produção de hidrogênio a partir de água aquecida à altas temperaturas

HI e H2SO4, submetidos à decomposição térmica, são as matérias-primas para obtenção daquele que tem sido apontado como o combustível do futuro. (Leia nota)

Pesquisadores do Collège de France "encapam" a água !

"Hidrofobifilia": você sabe o que é isso? (Leia nota)

Eletrólito polimérico para celas de combustível operando em altas temperaturas

Empresa japonesa acaba de desenvolver um eletrólito polimérico que mantém a condutividade iônica à altas temperaturas, para aplicações em pilhas de combustível. (Leia nota)

Polímero é capaz de aumentar a solubilidade do taxol

Descoberta abre a possibilidade de fabricação do medicamento na forma injetável. (Leia nota)

Laser semicondutor de GaN que emite no azul-violáceo

Capacidade de armazenagem de dados dos DVDs pode ser multiplicada por um fator 5. (Leia nota)

Como fazer fogo partindo do gelo ?

Equipe internacional de pesquisadores foi ao Ártico canadense para realizar experiência de 10 milhões de dólares que poderá abrir uma via para um Eldorado energético. Por mais insólito que possa parecer, foram avaliar a possibilidade de fazer fogo a partir do gelo. (Leia nota)

Reciclagem de pneus: novas soluções estão chegando ...

Pesquisadores da Universidade de Ontário, Canadá, trabalham com a hipótese de incorporar material reciclado no concreto, a fim de torná-lo não só mais flexível, mas também um melhor isolante térmico e acústico. (Leia nota)

Quando a luz expande e contrai monocristais moleculares.

Pesquisadores usam a luz para comprimir e expandir cristais moleculares em nível de nanômetros. (Leia nota)

Utilização de fluidos supercríticos: grandes possibilidades !

Cresce o interesse pelas tecnologias que empregam fluidos supercríticos: tratamento do lixo é uma das possibilidades de utilização. (Leia nota)

Coordenador Científico do LQES realiza palestra na Academia Brasileira de Ciências.

Realizou-se nos dias 29 e 30 de maio, na sede da Academia Brasileira de Ciências, o Encontro Anual dos Acadêmicos. O Prof. Oswaldo Luiz Alves, Coordenador Científico do LQES, recém-empossado na Academia, fez palestra em sessão de homenagem ao CNPq. (Leia nota)

Química de Materiais aponta para novos caminhos: materiais eletrônicos orgânicos invadem a óptica !

Materiais orgânicos, geralmente conhecidos como plásticos, abrem caminho para a eletrônica de baixo-custo, gerando novas perspectivas, entre outras, para a fabricação de monitores flexíveis que podem ser enrolados. (Leia matéria)

Inglaterra vai implementar novo sistema de programa de doutorado: o "new route".

O Higher Education Funding Council, da Inglaterra, com o apoio de 10 universidades, propõe novo doutorado que contemplará, além do trabalho de tese, cursos, inclusive aqueles voltados para a criação de empresas de alta tecnologia e transferência de tecnologia para o setor produtivo. (Leia nota)

O Japão investe pesado em Nanotecnologia.

Na esteira do lançamento do projeto americano National Nanotechnology Initiative (NNI), o governo Japonês deu partida a várias iniciativas na área. (Leia nota)

As injeções de insulina para diabéticos podem estar com os dias contados ?

Pesquisadores escoceses desenvolvem técnica que pode revolucionar o tratamento de uma doença que afeta milhões de pessoas no mundo todo. (Leia nota)

Novos Acadêmicos da ABC tomam posse neste mês.

Academia Brasileira de Ciências define a data para a posse dos Novos Acadêmicos - 2000. (Leia nota)

Você pensava conectar dois nanofios? Pesquisadores japoneses já passaram à sua frente !

Pesquisadores japoneses conseguem aquilo que era tido como um dos grandes "gargalos" para a expansão da nanotecnologia: pela primeira vez é feita uma conexão entre nanofios semicondutores! (Leia nota)

Nova geração de monitores baseados em cristais líquidos nemáticos vem aí...

Ganhador do Prêmio Nobel funda empresa para explorar as potencialidades dos cristais líquidos nemáticos com bi-estabilidade. (Leia nota)

Nanotubos de carbono e mal de Alzheimer: existiria alguma relação ?

Os nanotubos, dado seu tamanho nanométrico e a possibilidade de funcionalização de suas extremidades, abrem novas possibilidades de aplicação como sondas para microscopia de força atômica. O estudo e caracterização de depósitos de proteínas no cérebro, que caracteriza o mal de Alzheimer, ganham nova ferramenta. (Leia nota)

Lançamento do Website do Laboratório de Química do Estado Sólido

O lançamento do website do LQES marca o início - via Internet -, de um trabalho de divulgação dos trabalhos científicos e da vivência do Laboratório de Química do Estado Sólido. (Leia artigo)

Além dos Quadris

Nova biocerâmica, desenvolvida na França, é a promessa para estender o tempo de vida dos implantes ósseos. (Leia nota)

Resíduos Químicos

Professor Jardim (IQ-Unicamp) lança cartilha sobre gerenciamento de resíduos químicos. (Leia artigo)

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco