Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Missão da Comissão Europeia visita o Laboratório NanoBioss (IQ-Unicamp).

O NanoBioss é um dos Laboratórios Associados do Sistema Nacional de Laboratórios de Nanotecnologia - SISNANO do MCTI formado pela união de dois laboratórios do Instituto de Química da Unicamp: Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES) e Laboratório de Química Biológica (LQB).

No dia 25 de setembro uma missão da Comissão Europeia, ligada ao cluster NanoReg (Regulação em Nanotecnologia), visitou as instalações do NanoBioss no IQ-Unicamp. Na oportunidade foram recebidos pelos diretores do Instituto Profs. Lauro Kubota e Carlos Ramos que deram boas vindas aos visitantes. Como líder da missão europeia falou o Dr. Georgios Katalagarianakis do Directorate General for Research da Comissão Europeia. Em seguida o Prof. Oswaldo Luiz Alves, coordenador do NanoBioss, traçou o perfil do Laboratório destacando a sua missão, a multidisciplinaridade da equipe (químicos, físicos, biólogos e médicos), as facilidades laboratoriais e instrumentais, o relacionamento com o setor produtivo, inclusive com a distribuição de folders de produtos - envolvendo as nanotecnologias-, já colocados no mercado, desenvolvidos por membros do NanoBioss. Foram ainda destacados os projetos em desenvolvimento no Laboratório.

As atividades tiveram sequência com apresentação da Dra. Steffi Friedrichs, Diretora Geral da Nanotechnology Industries Association (NIA), que colocou as linhas de atuação do NanoReg, os principais resultados em termos do conceito de amostras representativas (representative samples) e a articulação do programa europeu com outras organizações, entre elas OCDE, ISO e NanoSafe.

Antes da visita às instalações laboratoriais e facilidades instrumentais do NanoBioss, o Dr. Sergio Moya do Centre For Cooperative Research in Biomaterials (Espanha) apresentou as atividades do cluster, mostrando várias pesquisas envolvendo nanopartículas, quantum-dots e interações de nanoestruturas com sistemas biológicos.



Comissão Europeia visita NanoBioss.

Créditos: LQES/PA


Participaram destas atividades, pela Comissão Europeia: Georgios Katalagarianakis (European Commission, DG Research), Lang Tran (Institute of Occupational Medicine, UK), Steffi Friedrichs, Nanotechnology Industries Association, Belgium), Adrianus Henricus Johanes Dijkzeul, Ministry of Infrastructure and the Environment, NL), Wilhelmus Huibertus de Jong, National Institute for Public Health and the Environment, NL), Danail Hristozov, Venice Research Consortium, University Ca'Foscari Venice, Italy), Sergio Moya (CICbiomaGUNE, Centre for cooperative research in biomaterials, Spain), Marco Monopoli, Centre for BioNano Interactions, University College Dublin, Ireland) e Karl Diedrich Hermann, European Commission, Joint Research Centre, Italy).

Pelo lado brasileiro participaram: Flávio Orlando Plentz Filho (MCTI), Anna Gabriella Tempesta (MCTI) e os Profs. Oswaldo Luiz Alves e Nelson Durán, respectivamente, coordenador e vice-coordenador do NanoBioss.

Após a visita ao NanoBioss a missão europeia dirigiu-se para o CNPEM (Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais) onde visitaram o LNNano (Laboratório Nacional de Nanotecnologia), que também faz parte do SISNANO, e o LNBio (Laboratório Nacional de Biociências).

Os resultados desta visita e suas avaliações, bem como de outras visitas realizadas pela missão no Rio de Janeiro, Curitiba, São Carlos e São Paulo, servirão de subsídio para as negociações relacionadas com a adesão do Brasil ao Programa NanoReg financiado pela Comissão Europeia.

LQES NEWS - Ano XIII - n. 299, 06 de outubro de 2014 (OLA).


Assuntos Conexos:

A fusão de dois laboratórios do IQ faz surgir o NanoBioss.

Brasil debate possível adesão a projeto de regulação em nanotecnologia.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco