Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2020

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

À flor da pele...

Em breve será possível implantar um computador ou um telefone celular sobre e sob sua pele, segundo uma nova invenção de circuitos eletrônicos ultrafinos.

Os avanços tecnológicos resultam em componentes sempre menores, sem perda de desempenho. A revista Science acaba de relatar uma nova invenção de circuitos eletrônicos ultrafinos, destinados a ser implantados sobre e sob a epiderme.

O sistema, tão reduzido quanto um selo postal e mais fino que um fio de cabelo, oferece uma flexibilidade vantajosa, sem perder em desempenho. Quase invisível a olho nu, esta tecnologia se adaptará à pele, graças à sua propriedade hidrostática, evitando por isso a utilização de cola.



Um computador sobre a pele!

Créditos: GNT.


Os primeiros circuitos de teste foram concebidos sobre um composto de borracha hidrostática. Eles são equipados não só com diversos sensores, emissores e receptores, mas também com antenas de WiFi e células fotovoltaicas para a produção de eletricidade.

"Estamos num ponto-chave do casamento entre a eletrônica e a biologia", sublinha Yonggang Huang, professor de engenharia da Northwestern University, de Evanston, no Illinois (EUA).

Esta tecnologia será utilizada pelo grande público, mas no momento é reservada às pesquisas sobre o corpo humano, assim como para fins de defesa. De fato, o portador não se dará conta de que porta tal sistema.

Science Mag (Tradução - MIA).


Nota do Scientific Editor: o trabalho: "Epidermal Electronics", que deu origem a esta notícia, é de autoria de Dae-Hyeong Kim, Nanshu Lu, Rui Ma,Yun-Soung Kim, Rak-Hwan Kim, Shuodao Wang, Jian Wu, Sang Min Won, Hu Tao, Ahmad Islam, Ki Jun Yu, Tae-il Kim, Raeed Chowdhury, Ming Ying, Lizhi Xu, Ming Li, Hyun-Joong Chung, Hohyun Keum, Martin McCormick, Ping Liu, Yong-Wei Zhang, Fiorenzo G. Omenetto, Yonggang Huang, Todd Coleman e John A. Rogers, tendo sido publicado no periódico Science, volume 333, número 6044, págs. 838-843, 2011, DOI: 10.1126/science.1206157.


<< voltar para novidades

 © 2001-2020 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco