Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Programa de ensaios sobre segurança de nanomateriais manufaturados é lançado pela OECD.

Os países membros da OECD (Organization for Economic Co-operation and Development), alguns não-membros bem como outros atores interessados somam sua expertise e recursos financeiros para estudar os efeitos sobre a saúde e meio ambiente de um certo número de nanomateriais.





OECD e Países Membros.

Créditos: OECD


O programa consiste em submeter a testes de segurança materiais já em uso ou que entrarão em uso proximamente, tais como os chamados "fulerenos" ou "buckyballs" (uma forma particular de carbono), os nanotubos de carbono e o dióxido de cério. Em um futuro próximo, outros nanomateriais virão se juntar a esta lista. Os nanomateriais serão submetidos a testes visando determinar: suas propriedades físico-químicas; seu potencial de degradação e de acumulação no meio ambiente; sua toxicidade ambiental; sua toxicidade com relação aos mamíferos. Os nanomateriais entram na composição de produtos tão diversos quanto raquetes de tênis e filtros solares para a pele.

Os nanomateriais dão origem freqüentemente a novas formas dos produtos químicos tradicionais. Para os ensaios de segurança, as Linhas Diretrizes da OECD para os testes com produtos químicos servirão de ponto de partida para os mesmos. Tais testes, acredita-se, fornecerão informação preciosa relativamente à segurança dos nanomateriais, e permitirão saber se as Linhas Diretrizes da OECD são aplicáveis à medida da segurança dos nanomateriais. Se esse não for o caso, será necessário o desenvolvimento de novos métodos de teste ou adaptação das Linhas Diretrizes existentes. Os países terão a oportunidade de examinar o avanço desses trabalhos em junho de 2008.

O Grupo de Trabalho da OECD sobre nanomateriais manufaturados gestiona esse programa no âmbito de suas atividades sobre nanomateriais. A OECD já publicou dois relatórios substanciais descrevendo os esforços dos governos e de outros atores interessados por estas questões de segurança.


Contexto

O Grupo de Trabalho sobre Nanomaterias foi criado em 2006 a fim de auxiliar os países membros a se manifestar frente o tamanho do desafio que constitui a segurança dos nanomateriais. A OECD tem grande experiência no desenvolvimento de métodos de medida da segurança de produtos químicos. O Grupo de Trabalho reúne mais de uma centena de experts provenientes de governos e de outros setores interessados.

Ainda que os países membros da OECD estejam conscientes dos numerosos benefícios esperados com a utilização dos nanomateriais, desde o começo desejaram abordar os aspectos ligados à segurança dos nanomateriais, ao mesmo tempo em que a pesquisa sobre novas aplicações progride.


Nota do Scientific Editor: o site da Internet do Programa da OECD sobre Segurança de Nanomateriais Manufaturados, apresenta informações detalhadas relativamente aos trabalhos em curso. Para ter acesso, clique aqui.

Na Biblioteca LQES de Nanotecnologia há uma rubrica sobre Riscos da Nanotecnologia, que contém significativo acervo de notícias e matérias veiculadas no LQES Website sobre o tema.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco