Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas

 
NOVIDADES

Nanotecnologia terá laboratório para controle de qualidade em PE.

A Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco assinou um convênio que possibilitará a instalação do Núcleo de Controle da Qualidade para Produtos de Nanotecnologia (NanoQuali), que será o primeiro laboratório do País focado na definição de padrões, regulação e certificado de produtos nanoengenheirados.

O acordo de cooperação foi firmado pela Sectec, Instituto Tecnológico de Pernambuco (Itep) e Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene) e o Instituto Nacional de Controle da Qualidade em Saúde (INCQS Fiocruz).

A cerimônia foi aberta pelo secretário de Ciência e Tecnologia, José Bertotti, que enfatizou a "importância do núcleo de controle de uma tecnologia largamente utilizada na indústria farmacêutica no momento em que Pernambuco está prestes a dar mais um passo para consolidar seu parque tecnológico de fármacos e bioderivados".



Nanotecnologia com qualidade.

Créditos: Códigos


Representando o Itep, o diretor-técnico do instituto, Geraldo Eugênio, acredita que o Nanoquali irá interferir positivamente no trabalho de milhares de jovens cientistas que atuam em laboratório de produção de nanotecnologia. Em sua saudação, Eduardo Leal, representante do INCQS/FioCruz, defendeu que "a inovação não pode deixar de fazer parte da pauta política".

Quando estiver em pleno funcionamento no prédio do Itep, o NanoQuali irá atender às necessidades locais e nacionais referentes à utilização de nanomateriais, à medida em que as órgãos reguladores tais como ANVISA e INMETRO vêm discutindo normas para a regulação de tais materiais. O inédito Núcleo terá competência para definir padrões e realizar a regulação dos padrões dos produtos de nanotecnologia (nanoengenheirados, na nomenclatura técnica).

Os nanomateriais são partículas minúsculas, invisíveis ao olho humano e que estão presentes em diversas áreas, como indústrias alimentícias, cosméticas, farmacêuticas, agroquímicos, metal-mecânica e biotecnologia. Alguns nanomateriais são naturais, outros são produtos derivados de atividades humanas ou são fabricados para fins específicos.

Jornal da Ciência e Secretaria de C&T de PE.


Nota do Managing Editor - Esta matéria foi primeiramente veiculada em 22/05/2014. A ilustração não consta da matéria original.


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco