Laboratório de Química do Estado Sólido
 LQES NEWS  portfólio  em pauta | pontos de vista | vivência lqes | lqes cultural | lqes responde 
 o laboratório | projetos e pesquisa | bibliotecas lqes | publicações e teses | serviços técno-científicos | alunos e alumni 

LQES
lqes news
novidades de C&T&I e do LQES

2010

2009

2008

2007

2006

2005

2004

2003

2002

2001

LQES News anteriores

em foco

hot temas
 
NOVIDADES

Normalização das Nanotecnologias : os europeus estão saindo na frente.

O Instituto Alemão de Normalização (DIN, Deutsches Institut fur Normung) participa do novo projeto iniciado pela Comissão Européia no quadro do programa específico "Integrating and Strengthening the European Research Area".

O projeto de pesquisa NANO-STRAND (Standardization Related to Research and Development for Nanotechnologies) teve início em primeiro de agosto de 2006, para uma duração de 18 meses. O principal objetivo do projeto é elaborar planos para as futuras atividades nanotecnológicas de normalização e padronização (estandardização) para a Europa assim como para a pesquisa pré-normativa correspondente.




Logo do Instituto Alemão de Normalização (Deutsches Institut fur Normung)

Créditos: DIN


O NANO-STRAND permitirá descrever as necessidades em normalização e em procedimentos metrológicos e estabelecerá as prioridades para os trabalhos de pesquisa pré-normativos, a normalização e a padronização (estandardização). Não só institutos de pesquisa e empresas do mundo todo participarão, mas também organizações nacionais, européias e internacionais de normalização.


São parceiros do DIN para esse projeto de pesquisa:

  • Laboratório Nacional de Metrologia e de Testes, Paris;

  • Laboratório Nacional de Física, Tenddington, Londres;

  • Universidade Técnica da República Tcheca, Praga;

  • Optimat LTD, Glasgow.


As nanotecnologias têm um alto poder de inovação. Representam atualmente 39 bilhões de dólares no mundo inteiro, com uma taxa de crescimento anual de 10%. São utilizadas em numerosos setores, principalmente nas tecnologias da informação, ciências dos materiais, produção e estocagem de energia, medicina e farmacologia, produtos cosméticos e tecnologias de superfície.

Comunicado de Imprensa do DIN, July 21, 2006 (Tradução - MIA).


<< voltar para novidades

 © 2001-2017 LQES - lqes@iqm.unicamp.br sobre o lqes | políticas | link o lqes | divulgação | fale conosco